The Treasure of the Sierra Madre (1948)

ttotsm

Título Original: The Treasure of the Sierra Madre
Título no Brasil: O Tesouro de Sierra Madre
País: Estados Unidos

<<Fred Dobbs e Bob Curtin, dois americanos procurando trabalho no México, convencem um velho prospector a ajudá-los a procurar ouro nas montanhas Sierra Madre.>>

Baseado em um livro de mesmo nome, o filme, além de visualmente maravilhoso (tendo sido quase que completamente filmado in loco) é emocionalmente inquietante. As relações entre os personagens são bastante intensas, e a instabilidade de Dobbs (Humphrey Bogart) combinada com a filosofia de Howard (Walter Huston) fazem com que os diálogos desse filme sejam memoráveis.

Dentre os vários diálogos do filme que me marcaram, este é o que mais fez efeito, já que eu nunca tinha pensado dessa forma:

Howard: Say, answer me this one, will you? Why is gold worth some twenty bucks an ounce?
Dobbs: I don’t know. Because it’s scarce.
Howard: A thousand men, say, go searchin’ for gold. After six months, one of them’s lucky: one out of a thousand. His find represents not only his own labor, but that of nine hundred and ninety-nine others to boot. That’s six thousand months, five hundred years, scramblin’ over a mountain, goin’ hungry and thirsty. An ounce of gold, mister, is worth what it is because of the human labor that went into the findin’ and the gettin’ of it.
Dobbs: I never thought of it just like that.
Howard: Well, there’s no other explanation, mister. Gold itself ain’t good for nothing except making jewelry with and gold teeth.

Howard explica que o ouro vale tanto porque em seu valor estão embutidas todas as horas gastas pelos prospectores que falharam em encontrá-lo.

John Huston ganhou os Oscars de melhor direção e de melhor roteiro por este filme, e Walter Huston, seu pai, ganhou o Oscar de melhor ator coadjuvante. Esta foi a primeira premiação de pai/filho da história.

Sergio Leone que me perdoe, mas este é meu Western favorito!

Nota: 9/10

SPOILER:

A morte de Dobbs foi algo que eu não esperava de forma alguma, achei uma boa surpresa. Mas, pior que isso, eu jamais esperava o final do filme, a ironia envolvida em tanto sangue, suor e lágrimas para conseguir um resultado nulo. A forma que Howard e Curtis encaram a situação infeliz que eles se encontram é excelente, e conseguiu arrancar umas boas risadas minhas.

~ por tcfaria em março 19, 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: